Química na pista

Em 1988, Ayrton Senna conquistava um título mundial de Fórmula 1 para o Brasil e a química foi uma grande aliada. 🧪⚗️ A pista na área do pit stop é recoberta de placas de metal que drenam a carga elétrica gerada pelo atrito entre o veículo em alta velocidade e o ar, evitando assim a geração de faíscas, que podem causar incêndios. Esse processo é possível graças ao cobre também presente nessas placas, garantindo a segurança dos pilotos e espetáculos automobilísticos. Química: #365DiasComVc cheio de velocidade 🏎️